As dotadas são as melhores, amo ser passivo com uma dotada, é tipo um desafio encarar uma rola gigante, e ver se aguento ela toda. Gosto daquelas que são bem femininas, no entanto, são bem avantajadas. Felizmente em BH há algumas boas opções que se encaixam nesse perfil (geralmente as mais femininas possuem um dote pequeno, e as dotadas são meio masculinas, e isso não me agrada).

Até hoje fiquei com a Laiza Lavier, Patrícia Carvalho e a Isis de Lana (a Isis tem um dote bacana, e é relativamente grande, mas não é tão dotada quanto a Laiza e a Patrícia).

No entanto, pretendo aumentar esta lista e encarar mais dotadas em BH.